A tecnologia da informação pode ser entendida, hoje, como um dos efetivos mais importantes de qualquer instituição. Ela alicerça, praticamente, todos os processos relacionados aos negócios. Mas, se engana quem pensa que as soluções para o ambiente digital das empresas dizem respeito apenas à aferição e ao reparo de falhas dos sistemas. Elas englobam uma gama enorme de possibilidades dentro da estratégia organizacional. Uma delas é a auditoria de TI, importante ferramenta de transparência junto aos públicos de relacionamento, capaz de gerar valor e de otimizar processos.  

Regulamentos como o SOX (lei Sarbanes-Oxley), criado para assegurar a transparência das operações e da prestação de contas das empresas, afetam centenas de companhias brasileiras que seguem seu estatuto. Até mesmo o Governo Federal, através da Sefti (Secretaria de Fiscalização de Tecnologia da Informação), se atenta à questãoLeis como essa e diversos órgãos fiscalizadores existentes, hoje, na área de auditoria de TI, se tornaram grandes aliados das organizações no sentido de conferirem e assegurarem a lisura de suas contas e a correção dos seus modelos de administração junto a investidores e à sociedade, por exemplo.  

Assim, uma auditoria de TI, ao mesmo tempo em que busca aplicar procedimentos para a avaliação da infraestrutura e dos ativos tecnológicos das empresas, também oferece recursos que agregam confiabilidade financeira, fiscal e gerencial e menores custos. Isso sem falarmos em melhorias na segurança da informação e no acesso físico e lógico às instalações disponíveis.  

Viu como a auditoria de TI é essencial para o seu negócio? Quer saber por onde começar esse processo em sua empresa? Então acompanhe os passos a seguir: 

 

1. Avalie os processos 

A avaliação de processos é a ferramenta que analisa as políticas de governança da sua empresa. Por meio dela, você terá acesso às rotinas e às cadeias de produção. A análise dessas informações indica novas políticas e abordagens operacionais, aliando padrões e estratégias de otimização para reduzir custos operacionais e eventuais falhas do sistema. Quando se conhece e avalia os processos organizacionais, é possível aumentar a produtividade, reduzindo possíveis gargalhos, identificando rotinas de alta vulnerabilidade e possíveis fraudes, tornando o ambiente mais seguro. 

 

2. Direcione recursos  

Feita a avaliação de processos e reconhecidos os erros e acertos, é possível elaborar, no longo prazo, com dados precisos e auditados, o direcionamento de recursos, o investimento em novas tendências e a redução do tempo gasto na resolução de problemas.   

 

3. Equipe o seu negócio com os padrões do mercado 

Um aspecto importante da auditagem de TI é o reconhecimento dos processos internos do seu negócio com padrões do mercado, o que aumenta a confiança na sua empresa, trazendo a tecnologia direcionada para os centros das estratégias e reforçando a imagem corporativa. 

 

4. Analise os riscos e verifique padrões de segurança  

Outro ponto de especial atenção para a auditoria de TI é a análise dos riscos contidos na área. Nesse processo, são realizados testes para verificar a segurança do acesso físico e lógico às instalações, além de estabelecer definições claras das políticas de atribuição e revogação de privilégios, bem como seu cumprimento. 

 

5. Alinhe sua estratégia organizacional 

Mas, como garantir que sua auditoria em TI aponte não apenas problemas na estrutura tecnológica mas, também, soluções que aumentem a confiabilidade e a capacidade produtiva do seu negócio, reduzindo custos e cortando processos desnecessários? Em primeiro lugar é imprescindível garantir que a tecnologia do seu negócio esteja alinhada às estratégias pretendidas. Não adianta ter em mãos os dados sobre a área de TI da sua empresa e não saber aplicar esse conhecimento de forma estratégica 

 

6. Conte com a ajuda de profissionais especializados 

Ter a ajuda de profissionais capacitados, que fornecem suporte e assistência proativa, também é fundamental para se certificar de que a auditoria de TI vai surtir efeito. Esses profissionais tanto podem fazer parte da sua equipe ou serem profissionais terceirizados. 

 

Como em outros setores, o processo de auditoria em TI segue padrões e regras próprios. Como exemplos, podemos citar as normas ISO/IEC 27001 e a ISO 27002, que são os regulamentos que regem as avaliações sobre a qualidade dos serviços de TI nas empresas. Uma auditoria, muito mais que um acompanhamento dos processos, é um procedimento que agrega maior valor à área de tecnologia da informação da sua empresa e, consequentemente, mais valor ao seu negócio.  

Quer uma forcinha para dar um start nesse processo? A Any Consulting tem, à sua disposição, uma consultoria especializada em tecnologia da informação, com profissionais experientes capazes de conectar a TI às estratégias do seu negócio. Entre em contato conosco. 

 

Autor

Saulo Costa
Saulo Costa
Possui 9 anos de experiência em telecomunicações e infraestrutura de TI. Atua na elaboração de projetos para organizações governamentais e privadas. Possui as certificações profissionais CCNA R&S + Avaya ACSS + MCP + ITIL.