Um dos melhores caminhos para melhorar a saúde da empresa é investir na simplificação dos processos internos. O potencial de realização de uma mudança interna é muito mais concreto e administrável do que a eterna prospecção de novos – e mais rentáveis – parceiros, por exemplo. Neste artigo, iremos discutir uma das ferramentas que mais otimizam o funcionamento do negócio: gerenciamento remoto de TI. 

 

O que é gerenciamento remoto? 

Pare para pensar em todos os tipos de equipamentos, serviços e processos de sua empresa que estão ligados à Tecnologia da Informação. Ter profissionais dedicados à manutenção e prontos para dar suporte caso necessário nessa área é imprescindível. Assim, algumas empresas optam por construir equipes internas de TI e outras escolhem o gerenciamento remoto de TI. Com ele, é possível gerenciar e monitorar, remotamente, a rede e as máquinas da empresa em tempo real. Veja alguns exemplos de vantagens dessa opção de gerenciamento. 

 

Redução de custos 

Quando você contrata um serviço de gerenciamento remoto, você elimina custos em várias frentes. Primeiro, aquisição e manutenção de hardwares ou software específico para gerenciar seu sistema não é mais necessário. Os custos com folha de pagamentos são convertidos em planos flexíveis de contratação do serviço junto ao parceiro.  

 

Mais produtividade 

Com uma infraestrutura mais estável, os funcionários perdem menos tempo buscando soluções e mais tempo realizando suas próprias tarefas. Além disso, um gerenciamento remoto oferece uma atenção mais especializada e mais veloz, permitindo que tempo seja poupado, mesmo quando a manutenção for necessária. 

 

Presença em todo lugar 

A cloud computing oferece uma série de soluções para, em certo sentido, você levar o máximo de sua empresa para onde quer que vá. Com a configuração correta, é possível monitorar e tomar decisões relativa às estruturas de TI da empresa, mesmo estando ausente da sede. Imagine quantas dores de cabeças, horas de trânsito e oportunidades o gerenciamento remoto pode poupar.

 

Mensuração 

O gerenciamento remoto de TI, a depender do tipo de parceiro que você estabeleça, pode melhorar o processo de decisões estratégicas de uma empresa. É possível, a partir do monitoramento da estrutura e dos usos das estruturas de TI da empresa, gerar relatórios que apontem pontos fortes, pontos fracos, espaços para melhorias e sinalizações de necessidades. Por exemplo, se for possível identificar um mesmo problema simples se repetindo dentre vários funcionários, pode ser o bom momento para um treinamento nesse sentido.  

Essas são algumas das principais vantagens do gerenciamento remoto de TI. Mas, é importante estar atento também a alguns desafios dessa abordagem. 

O primeiro ponto é estar ciente das ferramentas e estratégia de segurança de rede que estão sendo usadas e quanto estão sendo eficientes. Quando você abre a estrutura e TI de sua empresa para acesso via rede externa, não há espaço para erros. Segurança deve ser prioridade explícita para o parceiro prestadores de serviço de helpdesk de TI. 

Além disso, o mundo da cloud computing é reconhecido pela flexibilidade de seus planos e soluções. Isso é excelente, pois realmente não é recomendado apenas importar um tipo de gerenciamento do concorrente ou de uma organização maior em sua empresa. Muito pelo contrário, é preciso encontrar as ferramentas adequadas à realidade de cada empresa, construindo um modelo ideal para cada cultura organizacional, momento financeiro, contexto estratégico etc. 

E, finalmente, a qualidade da equipe de especialistas é essencial. A certificação que os parceiros possuem, as posturas que têm no trato com os clientes, a velocidade com que respondem em momentos críticos. Falhas e atritos na comunicação em momentos de crise podem ser fatais, então, a qualidade dos parceiros é fundamental. 

E então, o que acha de acha de experimentar o gerenciamento remoto? Entre em contato para saber mais ou, caso queira entender  se este é o momento certo para tomar essa decisão, talvez seja melhor uma consultoria. Leia nosso artigo “Motivos para contratar uma consultoria de TI” e informe-se. 

Autor

Leandro Lima
Possui 12 anos de experiência em telecomunicações e infraestrutura de TI. Atuando na coordenação e elaboração de projetos para organizações governamentais e privadas. Possuí as certificações profissionais CCNA R&S + CCNP R&S + ITIL + IPv6 Enginner + Avaya ACIS e ACSS.