Uma gestão de TI eficiente é vital para o sucesso do negócio, afinal a área está cada vez mais ligada à estratégia e ao core business da sua empresa. Para isso, é importante contar com profissionais preparados e com uma política de tecnologia da informação inteligente. Ela será capaz de facilitar e assegurar o acesso e o armazenamento das informações da companhia, permitindo que os funcionários e a gestão as tenham sempre às mãos, quando precisarem.

Além disso, gestão de TI engloba a proteção dos dados e o gerenciamento dos projetos e atividades da companhia. Isso garante que informações estratégicas estejam seguras, disponíveis e que os gestores as usem para garantir o ROI (retorno sobre o investimento, em inglês) e o bom andamento das atividades.

 

O que é gestão de TI

O gerenciamento da Tecnologia da Informação tem o objetivo de integrar os setores da empresa. Essa atividade implica o bom uso de equipamentos, desenvolvimento de sistemas internos, criação de projetos e a supervisão da informação corporativa.

Entre as responsabilidades dessa área, estão a compra e distribuição de equipamentos e softwares, sua montagem e controle, atualização, criação de procedimentos para lidar com possíveis falhas e a garantia de que o ambiente de TI seja confiável, de fácil manutenção e seguro.

 

Motivos para investir

Se você ainda não se convenceu de que gestão de TI é mais do que ter um funcionário disponível para instalar programas em computadores e auxiliar os demais empregados a acessarem a rede para o trabalho em andamento, é melhor se apressar. Os dados de uma empresa são extremamente valiosos e não conseguir tirar o máximo proveito deles pode fazer com que a organização perca oportunidades de negócios, tempo, conhecimento importante para trabalhos futuros e até a chance de inovar.

Ter a informação bem gerenciada aumenta a produtividade da companhia e auxilia na economia de recursos. É sempre bom lembrar que apenas alguns segundos de tempo de inatividade já podem afetar negativamente a empresa e causar perdas. Tenha sempre seu sistema de TI ativo e funcionando.

Veja alguns motivos para investir nessa área:

Informação sempre disponível

Já parou para pensar na quantidade de informação gerada todos os dias na sua empresa? São dados sobre funcionários, fornecedores, produtos, vendas, pagamentos e muitos outros que podem ser aproveitados para que você não perca oportunidades preciosas de desenvolvimento.

Com a coleta e organização dessas informações, é possível utilizá-las para conhecer o comportamento do cliente, do mercado e pensar em formas de se manter sólido e sair na frente dos concorrentes.

Também é sempre bom lembrar que o conhecimento não deve estar com uma pessoa. Se, por exemplo, um funcionário que sabe tudo sobre a parte financeira da sua companhia pedir demissão, este conhecimento deve estar documentado na rede e disponível para a pessoa que o substituirá. Neste aspecto, é muito importante lembrar que a sua equipe deve ter uma cultura de compartilhamento e documentação.

Economia

Se você tiver um sistema de TI eficiente, com certeza conseguirá benefícios competitivos. A gestão fará, por exemplo, com que a empresa reduza custos operacionais, tenha a estrutura adequada para o serviço oferecido e elimine a possibilidade de pagamentos duplicados. Com o melhor alinhamento e eficiência dos setores, sua companhia conseguirá mapear pontos de melhoria para eliminar desperdícios e redundância.

Desenvolvimento da empresa e oportunidades de negócios

O fluxo de informações diário na sua organização é muito grande. Já pensou em quantos processos podem estar sendo feitos repetitivamente sem necessidade? Quando os dados são gerenciados (invista na gestão do conhecimento!), os profissionais serão capazes de cruzar informações e descobrir oportunidades de inovação, de desenvolvimento interno ou de novos negócios. Imagine, por exemplo, descobrir que um processo de vendas está se mostrando ineficiente com base nos dados dos últimos três meses. Essa “descoberta” alertará a empresa para a necessidade de reformulação no processo que pode trazer grandes benefícios financeiros e de produtividade.

O que é necessário para ter uma gestão de TI eficiente?

Para que o sistema funcione, a sua empresa deve, em primeiro lugar, entender sua importância. É necessário que seja feito investimento em hardwares e softwares, que os responsáveis acompanhem constantemente os resultados para comprovar a eficácia – ou ineficácia – das práticas e que as pessoas contribuam para a gestão eficiente. O mais importante é que a organização receba o retorno esperado e, por isso, é preciso que a equipe responsável tenha uma estratégia bem definida, com metas que consideram quatro dimensões: pessoas, projetos, processos e métricas.

O gestor de TI deve ser um profissional com habilidades para lidar com funcionários, acompanhar o andamento dos projetos, ter olhar estratégico e capacidade de descobrir oportunidades de negócios, de investimentos e de melhorias. Claro que também é fundamental que ele tenha conhecimento técnico para compartilhar com os colegas de trabalho e para verificar a eficácia das atividades. Existem diversas certificações que o tornam um profissional capacitado para a função, como as da Cisco, Linux, Microsoft e ITIL. Esse é um profissional estratégico para seu negócio.

 

Qual a melhor solução: terceirizar ou investir em equipe própria?

Como quase tudo da área de tecnologia da informação, cada empresa deve analisar a sua realidade para tomar uma decisão sobre a maneira mais adequada ao seu negócio. O investimento em uma estrutura e equipe próprias garantirá que as informações estratégicas não saiam da sua empresa, o que pode ser um ponto positivo.

Por outro lado, contratar uma empresa permitirá que você foque no que realmente importa no seu dia a dia de operações, deixando que especialistas trabalhem e te ofereçam o melhor em gestão de TI. Mas, antes de escolher seu parceiro, certifique-se de que seja confiável, capaz tecnicamente e que não te deixará na mão quando mais precisar.

Não importa se a sua empresa irá terceirizar ou investir em uma gestão de TI interna. O importante é valorizar esse processo e obter todos os benefícios que ele oferece. A segurança da informação é um deles. Saiba mais aqui.

Autor

Marney Muller
Marney Muller
Formado em Administração de Empresas pela UFRGS, com mais de 20 anos de experiência e atuação no ramo corporativo de Tecnologia. Possui a certificação de negócios Cisco Business Value Specialist.