Segurança nunca é demais. Ainda mais quando o assunto são as informações do seu negócio. Por isso, neste artigo, discutiremos como tornar a rede corporativa do seu negócio mais segura. Seja para quem quer começar a pensar em segurança da informação ou para aqueles que já possuem alguma política, mas desejam proteger ainda mais seus dados, vale a pena continuar lendo. São dicas valiosas que podem evitar prejuízos catastróficos em caso de ciberataques. 

 

Antes de tudo: você está certo 

Partindo do pressuposto que você chegou a este artigo por já ter uma preocupação com a segurança de sua empresa, é importante enfatizar que é exatamente essa a postura mais sensata (mesmo que ainda seja negligenciada por alguns gestores). Isso porque, o cenário do mercado de tecnologia apresenta vários riscos. Aqui, já fizemos um artigo sobre as possibilidades de danos e os vários tipos de ciberameaças. 

Então, esse é o primeiro passo, perceber que segurança da informação precisa ser prioridade na empresa. E isso não é uma vez por ano, por trimestre ou semanalmente. É preciso ter consciência de que dados desprotegidos podem causar prejuízos imensos a qualquer momento, logo, garantir a segurança da rede corporativa é uma questão de sobrevivência da empresa.  

 

Incentive uma cultura de segurança 

Como já destacamos, a segurança não é apenas um processo isolado. Muito pelo contrário, quanto mais pessoas cientes de suas atribuições, agindo de forma integrada, melhor. Nesse ponto, a cultura corporativa precisa incorporar hábitos, preceitos e posturas que levem em conta a segurança. 

Ou seja, é preciso dar um passo além dos softwares e procedimentos operacionais. Uma rede corporativa mais segura se inicia com a capacitação de todos os usuários que têm acesso a ela no sentido de saberem se posicionar, dos riscos que correm e, claro, como se comportar em caso de imprevistos. 

 

Promova uma integração sistêmica 

Outro ponto, nem sempre lembrado por muitos gestores, mas que pode aumentar bastante a confiabilidade da rede corporativa é a sintonia e integração entre as soluções de segurança utilizadas. Ou seja, redes wifi, LAN, WLAN, desktops, notebooks, mobiles, dispositivos smart e todos os sistemas corporativos usando soluções de segurança que trabalhem da forma mais integrada possível.  

Esse movimento permite reduzir as falhas possíveis por problemas de compatibilidade ou mesmo “pontos cegos” nas redes provenientes de improvisos na infraestrutura de TI. Uma solução que seja capaz de conciliar proteção minuciosa de cada equipamento com uma visão global do tráfego de informação na empresa é o ideal. 

 

Powered by Rock Convert

Livre-se do que estiver obsoleto 

Modelos obsoletos de equipamentos e softwares já foram vasculhados de cima a baixo por criminosos à procura de falhas e brechas de segurança. Além disso, a cada novo lançamento empresas de qualidade aprendem com os erros e, geralmente, oferecem novas soluções que incorporam melhorias a partir das experiências anteriores.  

Por isso, rede corporativa mais segura é quase sinônimo de rede corporativa atualizada. É claro que não basta baixar a nova versão do antivírus que você usa. A atualização é um processo baseado na avaliação dos resultados obtidos, no cumprimento ou não das expectativas anteriores e na decisão sempre pela opção mais eficiente que se encaixe no posicionamento estratégico da companhia no momento. 

 

Garanta cópias de segurança 

Já exploramos aqui no blog os motivos pelos quais um backup é essencial e como o backup na nuvem pode reduzir os custos do seu negócio. Mas, vale o destaque porque, justamente, ter backups das suas informações essenciais diminui a fragilidade de um negócio a ciberataques. Por exemplo, em caso de um sequestro de dados sensíveis, fica muito mais fácil tomar decisões racionais quando se tem todos os dados sequestrados em uma cópia de segurança bem protegida. 

 

Valorize boas parcerias 

Mesmo que a segurança da informação não seja o foco principal do negócio da maioria das empresas, garantir o funcionamento contínuo para satisfazer as necessidades de determinado público é a razão de ser de todas, cada uma a seu modo. Portanto, investir em parceiros de segurança de TI confiáveis e competentes garante que os funcionários possam se dedicar mais ao core business e que a rede corporativa terá uma equipe especializada dedicada a sua proteção. Então, vale a pena colocar na ponta do lápis e entender porque uma boa parceria tem um custo/benefício bem melhor do que montar uma equipe interna de TI. 

Uma rede corporativa de excelência precisa ter cinco características básicas: disponibilidade, flexibilidade, escalabilidade, desempenho e segurança. E, embora cada uma tenha seu papel essencial, todas se fundamentam na última. Não negligencie o papel da segurança da informação no seu negócio. E, caso queira continuar aprendendo como tornar sua rede empresarial mais segura e colocar a mão na massa, baixe o nosso Checklist da Segurança e acompanhe todos os aspectos fundamentais da sua rede. 

 

 

 

_

Autor

Marney Muller
Marney Muller
Formado em Administração de Empresas pela UFRGS, com mais de 20 anos de experiência e atuação no ramo corporativo de Tecnologia. Possui a certificação de negócios Cisco Business Value Specialist.